Jovens do PJMC assistem live com embaixadoras do IYD para descobrir como expor seu potencial de mudança utilizando esse projeto!

Criado para celebrar o papel dos/as jovens do mundo todo na geração de mudanças e também para debater os desafios únicos que a juventude enfrenta, o Dia Internacional da Juventude (IYD) é uma iniciativa da ONU (Organização das Nações Unidas) que troca de tema anualmente – sendo o de 2020, “Engajamento Jovem para Ação Global”. Marcado, oficialmente, para o dia 12 de agosto, o IYD é um momento em que os/as jovens são os protagonistas – na criação e execução de ações e atividades ao redor do mundo inteiro e se mostrando capazes de mudar a situação mundial. 

De lives, podcasts, fóruns até bailes e festas, a juventude que participou das ações do IYD em 2019 fez cerca de 150 diferentes atividades somente no Brasil, em muitos dos estados do país. A movimentação para uma presença do IYD no Brasil começou em 2018 com somente dois jovens e poucos eventos só em São Paulo. Em 2020, já existem embaixadores/as da juventude em todos os estados do país e a meta de atividades é de 500 atividades pelo território nacional. 

As embaixadoras, o jovem monitor, a agente de formação e Liduína Lins, coordenadora do PJMC, durante a live de 27/07

Como um programa voltado para a juventude do município de São Paulo, o Programa Jovem Monitor/a Cultural se uniu com o IYD e deu a oportunidade para que Kauanne Patrocino e Hellen dos Santos, as embaixadoras do estado de São Paulo, falassem com os/as jovens monitores/as e os/as apresentassem ao Dia da Juventude, em uma live que aconteceu hoje, 27/07. As embaixadoras também contaram com a presença de Pedro Fernandes, jovem monitor cultural da região Centro-Oeste e ativista pelo direito de acesso à cidade, e Marcia Marci, agente de formação do CIEDS responsável pelo território Sul e ativista em diversas causas.

“Fazedores/as” são jovens que propõe atividades para o IYD, que acontece entre os dias 05/08 e 19/08. As embaixadoras explicaram as metas, objetivos e a mensagem do Dia da Juventude. “Queremos fazer do Brasil uma potência de engajamento jovem – para que tenhamos no Brasil mais atividades do que no resto do mundo somado”, falou Kauanne para os/as jovens que assistiam a live. 

Para participar, é necessário se inscrever como fazedor/a no site do IYD e propor uma atividade a ser executada nesse período. A juventude pode agir em volta de assuntos com os quais já trabalham, como muitos JMC’s já atuam diariamente por mudanças sociais. “Vocês são a primeira geração que pode acabar com a pobreza e a última que pode salvar o meio ambiente” é a frase de Ban Ki-moon, ex-secretário geral da ONU, que inspira o IYD e toda sua movimentação – reforçando a importância dos/as jovens nas ações globais.

Durante a live, os/as jovens monitores/as puderam fazer suas perguntas e descobrir mais sobre o IYD e sobre como é a experiência de participar dele. As falas de ambas embaixadoras reforçaram que é um período em que os holofotes devem estar completamente na juventude, para que ela consiga expor sua realidade e seja possível visualizar um mosaico completo da diversidade dos/as jovens brasileiros/as. Baseando-se nessa intenção, Pedro Fernandes, o jovem monitor, conectou o IYD com o PJMC, mostrando a avidez de nossos jovens, especialmente os vindos da periferia paulistana, e a potência de transformação social: “A juventude periférica já faz e produz, mas precisa de um incentivo – vejo o Programa Jovem Monitor/a Cultural como essa potência e o IYD como outra inspiração”. 

Você pode acompanhar o IYD e ler mais sobre o projeto nas suas redes sociais!

Instagram: @iyd.brasil

Facebook: Dia Internacional da Juventude

LinkedIn: IYD Brasil

Site: https://iydbrasil.com.br/

“O dia é completamente dos jovens – o foco é a juventude”